Como verificar se o odômetro não mente sobre a quilometragem de um veículo

0

A realidade econômica atual no país leva a que muitas pessoas que precisam ou querem comprar um veículo, escolham por exemplo Hyundai seminovos com muitos recursos no lugar de um carro zero quilômetro básico. E um dos fatores mais importantes na hora da escolha de um carro usado ou seminovo é a quilometragem que o veículo tem rodado.

É claro que, quanto maior for o número de quilômetros feitos pelo veículo, provavelmente precisará de uma manutenção com maior frequência. Isso é válido tanto para os Hyundai seminovos quanto para s outros veículos usados. Por isso, na hora de comprar um veículo seminovo ou usado, é muito importante verificar o odômetro.

O que é exatamente o odômetro? Ele é um sistema de contagem da distância que o carro percorreu ao longo da sua existência e está instalado no painel do carro, perto do velocímetro. É através do odômetro que você poderá ficar sabendo o número de quilômetros que um dos carros seminovos Hyundai que pretende comprar, percorreu desde que saiu da fábrica. 

Infelizmente, existem pessoas desonestas que, com o intuito de vender o seu carro usado, adulteram o odômetro para aumentar o valor do veículo à venda. Ou seja, são pessoas capazes de alterar intencionalmente o número, para poder mostrar que o carro fez uma quilometragem menor daquela que realmente fez.

Embora na geração Hyundai seminovos e em outros tipos de veículos isso é impossível dentro de uma concessionária ou loja de venda de carros seminovos e / ou usados, sempre existe a possibilidade de algum particular fazer essa ‘mutreta’. No entanto, você poderá evitar cair nessa cilada seguindo algumas recomendações que serão muito importantes na hora de fechar negócio.  

Procurar no odômetro algum detalhe de manipulação fraudulenta

Se o veículo não for um new Hyundai seminovos, por exemplo, verifique o odômetro do carro usado que pretende comprar. Está descrito no artigo 7º, IX, da lei 8.137/90 que esse tipo de fraude tem previsão de pena de detenção de 2 a 5 anos, ou multa.

Uma das primeiras coisas a fazer é verificar o desgaste do carro em relação à quilometragem. Para isso é necessário checar o número indicado no odômetro e comparar o estado do veículo, para ver se ambas as coisas combinam. É aconselhável checar o estado dos pedais de freio, acelerador e embreagem. E verificar se falta algum tapete ou algum acessório próprio do carro.

Se você perceber que o carro é realmente velho, com muito uso pelo desgaste que observa, e o odômetro informa pouca quilometragem, com certeza ali há fraude!

Outra forma para verificar os dados é verificando o estado dos pneus e se estes foram trocados. O desgaste em um pneu denuncia a quilometragem rodada. Leve em consideração que os pneus precisam ser trocados a cada 32 mil quilômetros. Portanto, se os pneus parecem mais novos que o próprio carro, quase com certeza foram trocados e, nesse caso, o odômetro não pode marcar um número menos que 32 mil quilômetros. 

Peça ajuda ao seu mecânico de confiança, pois ele poderá fazer uma avaliação correta do estado do veículo. Os mecânicos sabem como avaliar um veículo seminovo ou usado e, desse modo, poderão descobrir detalhes que poderiam escapar aos seus olhos. O mecânico poderá lhe dizer se alguma outra peça do carro foi trocada e quando foi feita alguma tarefa de manutenção do veículo, o que pode indicar a antiguidade aproximada do carro.

Existem algumas cifras interessantes para você lembrar, na hora de decidir comprar seminovos Hyundai ou qualquer outro veículo: se o antigo dono dirigiu o veículo para trabalhar durante dez anos todos os dias, a quilometragem deverá ser alta. Portanto, se o odômetro indica um número baixo, estão lhe mentindo. 

Outras formas de checar a verdade sobre a quilometragem de um veículo usado à venda

  • Peça o histórico do veículo ao vendedor. Lá você poderá verificar o que indica o odômetro com a quilometragem indicada no histórico do veículo. Se o vendedor não tiver esse histórico, você poderá verifica-lo com o número de identificação do carro no Detran. 
  • Também poderá verificar esses dados com o título de propriedade do veículo e comparar com o que indica o odômetro: se no odômetro o número for menor, com certeza houve adulteração. 
  • No histórico das revisões também figura a quilometragem para poder comparar com o odômetro. 
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.