Você sabe como funciona o cigarro eletrônico? Ele prejudica a saúde?

0

À medida que eles se tornam populares, mais pessoas tentam entender como funciona o cigarro eletrônico.

Talvez você esteja procurando sobre este produto porque ouviu falar que há muitas pessoas que querem parar de fumar trocando o cigarro convencional pelo eletrônico.

Ou talvez seja porque você já viu alguém fazendo uso desse produto e teve a curiosidade de saber como ele funciona e se ele faz mal para a saúde.

Como toda novidade, realmente desperta o interesse no grande público e para te ajudar a tirar suas dúvidas, vamos te explicar como é que o cigarro eletrônico funciona.

O que é cigarro eletrônico?

Para começar, os  cigarros eletrônicos são conhecidos por muitos nomes diferentes: mods, vapes, canetas vapes, e-cigs e outros.

Eles vêm em muitas formas e tamanhos diferentes – alguns parecem um cigarro comum, outros possuem um designer diferente, chegando até parecer com embalagens de desodorantes.

Independentemente do formato, trata-se de  dispositivos movidos a bateria que funcionam aquecendo um líquido em um aerossol que o usuário inala e exala.

O que vem neste líquido?  O líquido do cigarro eletrônico normalmente contém nicotina, propilenoglicol, glicerina, aromatizantes e outros produtos químicos.

A maior diferença entre este produto e o cigarro convencional é na concentração das substâncias. Os  cigarros eletrônicos normalmente têm menos produtos químicos do que os cigarros comuns.

Este dispositivo tem um sistema simples que funciona eletronicamente composto por  uma fonte de bateria que alimenta um elemento de aquecimento que vaporiza o líquido em uma pequena câmara. O usuário então inala o vapor através de um pequeno bocal.

Toda vez que o usuário sugar, o dispositivo vai aquecer o líquido e transformá-lo em vapor. Alguns modelos, porém, tem um botão de ligar e desligar.

Como escolher o melhor cigarro eletrônico?

A melhor forma é entender as diferenças que não são apenas no designer do produto, mas na capacidade do líquido – quanto mais líquido, mas durabilidade – além de outros fatores como duração da bateria.

Algo que você precisa saber é que existem algumas diferenças em relação ao pod, que é o lugar onde o líquido está inserido.

O Pod pode ser dessas quatro formas:

  • Preenchido: de uso único; bobinas não substituíveis; descartável após acabar o líquido.
  • Recarregável: multiuso; bobinas não substituíveis; descartável.
  • Recarregável com bobinas substituíveis: reutilizável com bobinas de substituição.
  • Reconstruível: reutilizável indefinidamente.

No Brasil você encontra todos estes modelos, sendo que os descartáveis são os mais escolhidos por quem está começando a testar o cigarro eletrônico.

É comum que as pessoas queiram saber onde comprar o pod descartável valor e tamanho, mas antes é preciso ter noção de outros itens deste produto.

Aproveite para pesquisar também sobre os efeitos do produto no organismo, pois como se trata de algo relativamente novo no mercado nacional, muitos acreditam que os cigarros eletrônicos podem ajudar as pessoas a pararem de fumar, mas há pouca pesquisa científica sobre o assunto.

Além disso, embora os cigarros eletrônicos possam ser menos prejudiciais do que os cigarros comuns, isso não significa que sejam inofensivos.

Post Anterior: O Que É Bom Para Joelho Inchado?