Exaustão para sua cozinha industrial: Entenda sobre

0

Todos os dias as cozinhas comerciais atuam na grande produção de diversos pratos de seu cardápio. Durante essa preparação os alimentos produzem vapores, gorduras, fumaças, líquidos e partículas sólidas que são liberadas no ar durante todo o cozimento.

Geralmente uma cozinha industrial conta com o funcionamento frequente de vários equipamentos que durante o processo de cozimento liberam uma alta quantidade de partículas no ar, como por exemplo as partículas de gordura que são eliminadas de uma fritadeira, os vapores de legumes e massas que são liberados por uma panela em fervura, as fumaças que são liberadas  dos fogões, chapas e  assadeiras.

Essas partículas podem se depositar nas bancadas e superfícies de madeira, granito e alumínio de sua cozinha e podem começar a produzir odores desagradáveis ​​se não forem removidas com frequência.

A grande preocupação  não é apenas sobre o cheiro, mas sim sobre o mofo que provavelmente irá se desenvolver de acordo com o acúmulo de vapor  em uma superfície. 

Os odores de mofo e bolor provavelmente irão se espalhar por todo o ambiente, trazendo como consequência a perda de alimentos contaminados e danos à saúde dos funcionários e dos clientes.

Por conta disso é completamente  indispensável um sistema de exaustão na cozinha industrial. E isso serve não só para os restaurantes, mas também para os hotéis, as cantinas e quaisquer outras indústrias relacionadas a alimentos.

Como fazer a escolha de um exaustor industrial certo para mim?

Para que uma cozinha industrial funcione corretamente, é essencial que os sistemas de exaustão tenham a capacidade de garantir o máximo desempenho desejado e atender todos os requisitos e necessidades de sua cozinha. 

Mesmo em cozinhas menores, como as de um bistrô ou de uma hamburgueria, todas as cozinhas comerciais precisam ser equipadas com um bom sistema de exaustão industrial, para que esse sistema faça a extração do ar húmido e esfumaçado e, em seguida faça o processo de substituí-lo por um ar limpo e fresco. 

Todo dono de um estabelecimento que conta com uma cozinha comercial deverá escolher o melhor sistema de  exaustão industrial de acordo com a sua precisão e suas necessidades. Existem muitos tipos de exaustores industriais, que listamos abaixo.

  • Extrator centrífugo : Apesar de serem mais caras que outras opções, as coifas centrífugas oferecem grande durabilidade e excelente estabilidade operacional. Estes exaustores são robustos e recomendados para todas as cozinhas comerciais grandes ou para situações que exijam maior fluxo canalizado. Esses exaustores são diferentes dos exaustores axiais, pois as lâminas giram lateralmente, criando forças centrífugas, e como o ar é puxado em um ângulo diferente do ângulo em que é expelido, o equipamento é chamado de caracol. Devido ao seu poder, eles podem ser usados ​​como sopradores de ar, e podem ser usados ​​em situações de resíduos perigosos, como aquelas situações que envolvem materiais inflamáveis ​​ou irritantes.
  • Exaustor transportável : O sistema de exaustão industrial transportáveis são ótimos para a  extração e ventilação localizada. Eles são leves e articuláveis, para que possam ser movidos para a área de maior emissão de vapor como por exemplo acima de um fogão. 
  • Exaustor eólico: O extrator eólico é posicionado no teto e seu globo aletado é exposto aos ventos naturais. Quando as massas atmosféricas atingem as aletas do globo, provocam a rotação que suga o ar quente do interior do edifício e jogando para a área externa. Eles podem remover odores e fumaça, além de resfriar naturalmente o ambiente e podem ser instalados em qualquer tipo de telhado.

Este modelo tem um nível muito baixo de vibrações e ruído. Eles são silenciosos se forem mantidos sempre limpos e bem lubrificados, e também estão protegidos contra possíveis explosões, superaquecimento e incêndio.

Essa opção é um pouco mais econômica, mas não é confiável pois depende dos movimentos naturais do ar, o que significa que nos dias em que não houver movimento do vento, não haverá resfriamento.

Por tanto essa opção não é suficiente para o sistema de exaustão da cozinha industrial, esses modelos de exaustão são insuficientes para atender às demandas de uma cozinha industrial onde o ar quente e a fumaça são diários e praticamente constantes.

Conclusão

Independente dos modelos de exaustor, sabemos que é de muita importância escolher  um bom sistema de exaustão para cozinha industrial, então o indicado é contratar uma empresa especializada no assunto para te orientar e indicar o melhor material e o melhor modelo para abranger todas as necessidades de exaustão para sua cozinha industrial.

Conteúdo produzido por uma Agência de Marketing digital – Inbounder Marketing

 

Veja também Qual o melhor horário para fotos em ambiente externo?