Dicas e truques para melhorar a memória

0

Além das técnicas de memória visual e espacial, existem muitos outros truques que você pode usar para ajudar seu cérebro a se lembrar de informações. 

Aqui estão algumas dicas simples que vão te ajudar nessa etapa.

Tente entender as informações primeiro:

As informações organizadas e que fazem sentido para você são mais fáceis de memorizar. Se você achar que não entende o material, gaste algum tempo entendendo-o antes de tentar memorizá-lo.

Ligue-o:

Conecte as informações que você está tentando memorizar com algo que você já conhece. O material isolado é mais difícil de lembrar do que o material conectado a outros conceitos. Se você não consegue pensar em uma maneira de conectar as informações a algo que já conhece, estabeleça uma conexão maluca.

Durma com isso: 

 Estudos mostram que seu cérebro processa e armazena informações enquanto você dorme. Tente revisar as informações antes de dormir – mesmo que seja apenas por alguns minutos – e veja se isso ajuda a incorporar as informações em sua memória.

Auto teste: 

Faça um teste concurso militar de vez em quando, lembrando-se ativamente das informações que está tentando estudar. Certifique-se de fazer um teste ativo – não simplesmente reler notas ou um livro didático. 

Frequentemente, os alunos pensam que se lembram do material apenas porque é familiar para eles quando o leem. 

Em vez disso, faça a si mesmo perguntas e force-se a lembrar sem olhar para a resposta ou o material. Isso permitirá que você identifique as áreas com as quais está lutando; você pode então voltar a um dos truques da memória para ajudá-lo a memorizá-lo. 

Além disso, evite questionar-se imediatamente após tentar memorizar algo. Espere algumas horas, ou mesmo um ou dois dias, para ver se realmente ficou gravado na sua memória.

Use prática distributiva

Para que um conceito passe da memória de trabalho temporária para a memória de longo prazo, duas coisas precisam acontecer: o conceito deve ser memorável e deve ser repetido

Use a repetição para guardar firmemente as informações em sua memória. As técnicas de repetição podem envolver coisas como cartões de memória, usando as dicas simples desta seção e autoteste. Alongue seu estudo e repetição ao longo de vários dias e comece a aumentar o tempo entre cada sessão de estudo. 

Espaçá-lo e gradualmente estender os tempos intermediários pode nos ajudar a ter mais certeza de domínio e a fixar os conceitos no lugar.

Escreva

A escrita parece nos ajudar a codificar mais profundamente as informações que estamos tentando aprender, porque há uma conexão direta entre nossa mão e nosso cérebro. 

Tente escrever suas anotações à mão durante uma palestra ou reescrever e reorganizar as anotações ou informações manualmente após uma palestra. Enquanto você está escrevendo um conceito que deseja lembrar, tente dizer a informação em voz alta e visualizar o conceito também.

Crie grupos significativos

Uma boa estratégia para memorizar é criar grupos significativos que simplifiquem o material. 

Por exemplo, digamos que você queira se lembrar dos nomes de quatro plantas – alho, rosa, espinheiro e mostarda. As primeiras letras abreviam-se para GRHM, então você pode conectar isso com a imagem de um cracker GRAHAM. Agora, tudo o que você precisa fazer é lembrar-se de imaginar um biscoito e os nomes das plantas ficarão mais fáceis de lembrar.

Exercícios

Estudos mostram que o exercício pode melhorar nossa memória e capacidade de aprendizagem porque ajuda a criar neurônios em áreas que se relacionam com a memória. 

O treinamento cardiovascular e o treinamento de resistência (pesos) têm efeitos poderosos, então faça o que funciona melhor para você.

Pratique a intercalação

A intercalação é a ideia de misturar ou alternar habilidades ou conceitos que você deseja memorizar. 

Por exemplo, gaste algum tempo memorizando palavras de vocabulário para sua aula de ciências e, em seguida, passe imediatamente a estudar datas e nomes históricos para sua aula de história. 

Em seguida, pratique alguns problemas de matemática e, em seguida, volte às definições de ciências. Este método pode parecer confuso no início, mas produz melhores resultados no final do que simplesmente gastar longos períodos de tempo no mesmo conceito.

Conclusão

Algumas dessas técnicas podem parecer estranhas no início ou levar algum tempo para serem desenvolvidas. 

Quanto mais você os pratica, mais fáceis e naturais eles se tornam e mais informações você pode guardar na memória. Além disso, lembre-se de que você não precisa seguir todas as dicas desta lista. Experimente alguns e descubra quais funcionam para você.

 

Veja também: 4 Dicas para Trabalhar Home Office de forma eficiente

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.